Alimentação saudável
Receitas

5 boas razões para comer Queijo Fresco

QUEIJO FRESCO
UM ALIMENTO CHEIO DE QUALIDADES

O que o Queijo Fresco tem de saboroso, também tem de saudável. Por ter tantas qualidades, podemos comer em maiores quantidades, sempre com moderação, claro. De sabor mais ou menos intenso, todos são ricos em minerais, vitaminas e apresentam um alto teor proteico.
Este é um dos mais comuns ingredientes na dieta mediterrânica, com presença assídua à boa mesa portuguesa.

Conheça alguns dos benefícios associados ao consumo de queijo fresco e descubra mais sobre este alimento tão simples, mas tão rico e nutritivo.

– Fonte de cálcio e fósforo, benéfico para os ossos, unhas e dentes.

– Pouca gordura e calorias, ótimo aliado das dietas equilibradas.

– Fonte de zinco, ajuda ao equilíbrio hormonal, sacia e é ideal para ir comendo ao longo do dia.

– Rico em nutrientes, são mais facilmente absorvidos do que os do leite, graças à fermentação.

– Ótimo para desportistas, graças à proteína de absorção lenta ajuda na recuperação física e na performance dos músculos.

Queijo Fresco Meio Gordo, Magro, Cabra ou Quark, são estes os aliados perfeitos para uma alimentação saudável, que a Queijos Santiago Sabe que Sabem bem!

Uma Missão Possível
Ao Alcance De Todos

Já todos sabemos que somos o que comemos, mas, no ritmo exigente do dia-a-dia é fácil esquecermo-nos disso. A verdade é que optar por uma alimentação mais equilibrada e saudável está longe de ser um bicho de 7 cabeças e pode ser bastante prazeroso.
Há muita coisa boa que pode ganhar se escolher viver “O prazer de ser saudável”. Perder? Só se for uns quilinhos a mais. Aqui estão algumas provas disso:

Ter mais energia. Para realizar as atividades do dia a dia e mais disposição para praticar atividade física e para a vida, no geral;

Previne doenças infeciosas. Uma alimentação saudável e equilibrada melhora a função do sistema imunológico, ajudando a prevenir e combater infeções;

Diminui o risco de doenças crónicas. Doenças cardíacas e diabetes, por exemplo. Uma alimentação rica em vitaminas, minerais e fibras podem ajudar a regular os níveis de colesterol e de açúcar no sangue;

Promove o crescimento e a renovação dos tecidos. Dos ossos, da pele e dos músculos, e, por isso, tem papel essencial no desenvolvimento da criança e no processo de ganho de massa muscular e emagrecimento;

Melhora o rendimento e a concentração. Pois favorece o bom funcionamento da memória e de todo o sistema nervoso;

Regula a produção de hormônios. Atua na prevenção de doenças relacionadas com a tireoide e fertilidade, por exemplo;

Ajuda a prevenir o envelhecimento precoce. Uma alimentação rica em antioxidantes ajuda a combater os radicais livres no organismo, contribuindo para o melhor aspeto da pele e o atraso no aparecimento dos sinais de envelhecimento;

Melhora a qualidade do sono. Alguns alimentos ajudam na melhoria da quantidade de melatonina, o que influencia diretamente na qualidade do sono.
Associado a uma alimentação criteriosa e variada, o exercício físico é o maior aliado para uma vida plena, equilibrada e feliz. 3… 2… 1… Preparado para entrar em modo “Prazer Saudável”?

Riqueza Nutricional
do Queijo Fresco

O Queijo Fresco é um alimento livre de aditivos e químicos. É também fonte de minerais, entre os quais o cálcio, o fósforo, o magnésio e o zinco, assim como também é rico em eletrólitos, como o potássio.

Constituído por todos os aminoácidos essenciais, o leite é uma excelente fonte de proteínas lácteas de alto valor biológico, assim como de vitaminas (principalmente A e de complexo B).

Como ler uma tabela
nutricional

SAIBA TUDO SOBRE O QUE ESCOLHE COMER
COM A AJUDA DESTA CÁBULA DE CONSULTA RÁPIDA PODE INTERPRETAR MELHOR UMA TABELA DE INFORMAÇÃO NUTRICIONAL DOS ALIMENTOS

Antes de mais, temos algumas dicas rápidas que deve sempre lembrar-se no ato da escolha dos alimentos. Queremos vê-lo saudável!

  • Limite o consumo de açúcares simples.
  • O consumo excessivo de gordura saturada aumenta o risco de doenças cardiovasculares.
  • Escolha alimentos isentos ou com quantidades insignificantes (<1%) de gordura transformadas (Trans.).
  • Aumente o consumo de alimentos com elevado teor em fibras.
  • Evite consumir alimentos com elevado teor em sódio.

VALOR ENERGÉTICO – É a soma da energia proveniente dos hidratos de carbono, proteínas e gorduras. No rótulo vem como quilocalorias e quilojoules (1kcal=4,16kj).

PROTEÍNAS – Componentes dos alimentos necessários para o desenvolvimento, crescimento e manutenção dos órgãos. Existem na carne, peixe, ovos, lacticínios e leguminosas.

GLÍCIDOS/HIDRATOS DE CARBONO – Componentes dos alimentos que fornecem energia para todas as funções do organismo. Estão nos cereais e derivados, leguminosas, tubérculos, fruta, açúcar de mesa e mel.

AÇÚCARES – Existem sob a forma de açúcar (sacarose), açúcares do mel (açúcares invertidos) e açúcar da fruta (frutose), por exemplo. Aparecem de forma natural ou adicionados como ingredientes (produtos de pastelaria e confeitaria).

POLIÓIS – Presentes sob forma natural em alguns alimentos, podem também ser produzidos industrialmente e utilizados para obter produtos com baixo valor energético, como o sorbitol, manitol, xilitol.

LÍPIDOS/GORDURA -Regulam a temperatura corporal e funcionam como reserva energética. Estão em alimentos de origem animal e vegetal, como a manteiga, natas, gema de ovo, gorduras da constituição das carnes, aves e pescado, azeite, óleos, margarinas, frutos secos e alguns frutos tropicais. Gordura Saturada é um tipo de gordura presente em alimentos de origem animal, os quais se podem encontrar em muitos alimentos processados – leite gordo e seus derivados gordos.

GORDURA TRANS (Ácidos Gordos Trans.) – É muito encontrada em produtos industriais como margarinas, snacks, bolachas, fritos.

FIBRAS ALIMENTARES – Estão apenas em alimentos de origem vegetal como fruta e hortícolas, cereais e seus derivados de cor escura e leguminosas.

SÓDIO – Está no sal de cozinha, em diversos produtos industriais, de charcutaria, água engarrafada, alguns cereais de pequeno-almoço e bolachas.

Como conservar o
Queijo Fresco

AINDA MAIS FRESCO
TRUQUES E DICAS PARA BEM CONSERVAR O QUEIJO FRESCO

O queijo fresco é um alimento saboroso e saudável, utilizado em várias receitas e tipos de alimentação. No entanto, é preciso saber garantir a máxima qualidade até ao momento de consumo.

Aqui ficam algumas dicas úteis para conservar queijo fresco:

– Tudo começa no supermercado! O queijo fresco deve ser a última compra a colocar no carrinho antes de efetuar o pagamento.

– Deve também utilizar um saco térmico para transportar o queijo fresco entre o supermercado e o frigorífico de casa.

– Para evitar choques de temperatura quando se abre o frigorífico, o queijo fresco deve ser guardado ou numa gaveta ou na prateleira junto à ventoinha que expande o frio.

– Só deve retirar o queijo fresco do frigorífico no momento de consumo.

– Recomenda-se que o queijo fresco seja consumido todo de uma vez, mas se sobrar, guarde o restante num recipiente de plástico com tampa.

– Por fim, deixe a água crescer-lhe na boca e desfrute de uma pausa saudável e deliciosa!

Veja a Gama
de Queijos Frescos aqui